MINHA “PEQUENA” GRANDE LEITORA



Muitas crianças gostam de ouvir histórias e, esse é um hábito que carrego comigo desde que meus filhos nasceram. Gosto de contar histórias de livros ou as que eu mesma invento, com muita criatividade, é claro.

Diante de cada situação, vou inventando coisas e colocando minha imaginação pra funcionar. Uso elas a meu favor quando meus filhos não querem escovar os dentes, não querem comer, não obedecem e por aí vai, sempre tem algum personagem que já passou por aquilo. Aproveito cada oportunidade e as crianças param imediatamente para ouvir cada palavra quando começo a ladainha. Bingo!

Com o passar do tempo, percebo que a maioria das crianças vai perdendo o interesse pela leitura e os livros já não são mais tão requisitados assim.  Mas, existem aquelas que se apaixonam por livros de uma forma tão intensa que é lindo de se ver. 

Aqui em casa eu tenho uma “pequena” grande leitora que desde muito cedo, se apaixonou pelos livros. Ela ama livros, livros feitos de papel, com folhas, páginas, capa e cheiro de livro, que enfeitam suas prateleiras num colorido admirável. Ela não gosta de ler livros no computador ou no tablet, o encantamento está no folhear de cada página.

Eu detectei seu gosto pela leitura desde muito cedo e percebo em suas pequenas atitudes que isso só aumenta a cada dia:

1. Sempre que entramos em uma livraria, seus olhos brilham e ela logo vai separando uma pilha de livros que gostaria de comprar. Algo assim, em torno de 5 a 10 livros e fica triste quando vou ao caixa e compro apenas alguns.

2. Ela sempre tem à mão uma lista com os próximos títulos que quer ler, caso alguém queria dar um presente, ela prontamente dá suas sugestões.

3. Em qualquer data comemorativa, ela quer ganhar livros e fora delas também.

4. Seu quarto é decorado com prateleiras de livros de todos os tamanhos e cores. Um verdadeiro arco-íris, coisa linda de se ver. 

5. Ela gosta de fazer coleções, vai comprando os livros conforme vão sendo lançados e arruma todos eles, juntinhos, em ordem, um capricho.

6. Ela não gosta de emprestar nenhum livro, mas quando empresta (coisa rara de acontecer), fica nervosa e apreensiva enquanto o livro não volta. Assim que ele chega, ela analisa se está tudo em ordem.

7. Na hora de praticar o desapego, ela se desfaz rapidamente de roupas, sapatos e brinquedos, mas dos seus livros, nem pensar, a luta é grande. Cada livro que ela ganhou representa uma época em sua vida, ela argumenta. Quer guardar TODOS os seus livros para os seus filhos. Onde encontrarei espaço para tudo isso?

8. Alguns livrinhos bem infantis, ela repassou para seu irmãozinho, e vejo sua tristeza ao ver os livros com páginas rasgadas, mordidas e alguns até sem capa.

9. Quando vamos passear em outros lugares, ela sempre procura livrarias para visitar e quando encontra, a parada é obrigatória.

10. Ao lado de sua cama sempre tem um livro com um marcador de páginas dentro, às vezes dois ou três e muitas vezes eu me pergunto: como ela consegue ler mais de um livro ao mesmo tempo? Será que as histórias não se confundem? Diz ela, que não.

11. Fica feliz da vida quando algum livro que já leu vira filme. Quer assistir todos, só pra conferir qual foi a parte do livro que eles cortaram e sempre chega a conclusão,  que ler o livro foi muito melhor. 

Percebo que com a prática da leitura ela raciocina rápido, aprende as coisas num piscar de olhos, se expressa muito bem e escreve maravilhosamente.

Ter um filho leitor desde a mais tenra idade é motivo de orgulho máximo. Fico tão feliz ao vê-la devorando seus livros, compartilhando comigo as coisas que lê, tirando suas próprias conclusões a respeito de determinado assunto e se apaixonando por escritores que eu nem sabia que existiam.  Ahhh...como me orgulho dessa minha “pequena” grande leitora!

 

 


Leitura é vida



Share this:

, , , , ,

CONVERSATION

0 palpites:

Postar um comentário

Comente, dê sua opinião, compartilhe experiências...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...