Não quero esquecer jamais...



Depois que me tornei mãe passei a ser uma pessoa muito mais observadora. Observo pessoas, movimentos, olhares e atitudes.

Existem coisas que capto com meu olhar, que eu gostaria que ficassem registradas pra sempre em minha memória. Meu dia a dia com meus filhos, apesar da correria que é, me leva a querer registrar cada segundo ao lado deles. São tantos momentos de doçura, de verdade, de amor, de alegria, de satisfação,  de felicidade!

 Como eu gostaria que meus olhos fossem uma máquina fotográfica para que eu pudesse clicar imediatamente esses momentos. Tenho tanto medo dessas memórias se perderem com o passar do tempo, que tento desesperadamente registrar tudo e por isso, lá se vão arquivos e arquivos de fotografia.

 Mas existem momentos que são impossíveis de se registrar através de uma câmera fotográfica, eu sei e, por isso, eu procuro registrá-los em minha mente para que nunca se apaguem, embora o tempo vá cumprir o seu papel e levá-los pra bem longe um dia...

Não quero esquecer jamais, o cheiro dos meus filhos, se pudesse mandava envasar vidros e vidros com esse aroma que perfuma meus dias, minha roupa, meu travesseiro.

Não quero esquecer jamais, o toque da pele macia e sedosa que acaricia meu rosto, minhas mãos, meus cabelos.

Não quero esquecer jamais, a sensação de acalentar um choro que insiste em ficar, mas se rende facilmente com um abraço, um beijo e um colo bem aconchegante.

Não quero esquecer jamais, as mais lindas gargalhadas que saem tão naturalmente e são capazes de contagiar quem está perto e quem está longe.

Não quero esquecer jamais, as palavras inventadas de uma forma tão natural e linda.

Não quero esquecer jamais, o som suave de suas vozes que mais parecem música em meus ouvidos quando me dizem que me amam.

Não quero esquecer jamais, os momentos que precisei ser tão forte, quando na verdade, queria mesmo era chorar com eles.

Não quero esquecer jamais, todas as vezes que precisei encorajá-los a superar seus medos, quando eu também tive medo.

Não quero esquecer jamais, todas as vezes que eu não sabia o que dizer, mas o nosso abraço falou mais alto.

Não quero esquecer jamais, todas as vezes que fui consolada, cuidada e paparicada por eles.


Enfim, se alguém um dia inventar algo que possa capturar tudo isso, me avise, por favor!



Não quero esquecer jamais


Share this:

, , , , , , , , ,

CONVERSATION

0 palpites:

Postar um comentário

Comente, dê sua opinião, compartilhe experiências...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...