NO MUNDO DA IMAGINAÇÃO…



É impressionante como essas crianças de hoje estão espertas, falantes, destemidas e com uma imaginação sem tamanho. Tudo vira brinquedo nas mãos de uma criança, desde uma garrafa pet até uma simples panela. Sem falar, é claro, nas bacias e fôrmas que viram uma bateria em questão de segundos.

E aí, eu me pergunto: por que a gente ainda gasta tanto dinheiro comprando brinquedos se eles acabam sempre inventando moda com os objetos que estão ao seu alcance?

Mas, falando dessa imaginação impressionante, o meu pequeno tem me surpreendido a cada dia, descobriu o mundo da imaginação e tudo vira festa. Em questão de segundos, ele se transforma no Homem de Ferro, no Batman, no Homem Aranha, no incrível Huck e entra no personagem mudando até o tom de voz, uma graça.  Nós, é claro, temos que entrar nesse mundo e brincar junto com ele, nos transformamos em dinossauros, em lobo, em Mulher Maravilha e, por aí vai.

É um barato vê-lo brincar com tamanha imaginação, os brinquedos ganham novos nomes e novas utilidades, dependendo do personagem que ele está representando. E ai de nós, se chamarmos ele pelo seu nome, ele logo diz: “eu não sou o Luís Henrique,  sou o Homem de Ferro”!

Ele imagina que sai para trabalhar, que está consertando as coisas aqui em casa com a sua caixa de ferramentas, que está lavando o carro do papai...

É claro que às vezes, a bagunça é tanta, que não conseguimos nem assistir uma televisão, ler um livro, conversar (rsrsrs), mas sei que faz parte do crescimento sadio de nossos filhos, graças a Deus.

Às vezes, chego a pensar o quão bom seria se nós pudéssemos prolongar por um bom tempo essa imaginação tão fértil e inocente de uma criança, onde ninguém fica doente, nunca perdemos uma luta, não temos contas para pagar, preocupações bobas, não sentimos frio, fome, medo. Tudo é perfeito e, quando a gente cansa daquele personagem, daquela brincadeira, é só mudar tudo, inventar outra estória, depois outra, e mais outra, sempre com um final feliz.


Tenho aprendido a cada dia, que criança precisa ser criança o maior tempo possível, sem atropelar etapas, sem forçar seu crescimento. A infância é uma fase tão linda, tão pura, tão serena, tão cheia de surpresas que quero prolongar ao máximo essa fase e se, para que isso aconteça, eu tenha que virar a mulher maravilha ou um dinossauro muito bravo, já estou dentro, fazendo meu papel com excelência!


Menino de chapéu





Share this:

, ,

CONVERSATION

1 palpites:

  1. Oi ..é verdade vendo a carinha do meu pequeno me animo pra tudo..queria deixar meu convite para visitares nosso blog com atividades de estimulação de fala e linguagem...um abraço lizandra

    ResponderExcluir

Comente, dê sua opinião, compartilhe experiências...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...