Coisas que não sinto falta...

 


         A  maternidade é linda, cheia de emoções, alegrias e realizações,  mas também traz consigo um monte de responsabilidades e de coisas que a gente não vê a hora que passem de uma vez.


    Comecei a lembrar lá do comecinho, quando as crianças ainda eram bebês e constatei tantas mudanças que acabei me assustando. Lembrei também de algumas coisas que passaram e das quais não sinto falta, não.

Então vamos a elas:

1. As cólicas: meu Deus, como a gente se sente impotente nesse momento, pegamos no colo, acariciamos a barriguinha, damos remédio, colocamos de barriga pra baixo, enrolamos no cobertor para aquecer, embalamos, cantamos, dançamos e nada, sentimento de impotência total.   Ai que raiva!

2. As noites mal dormidas: às vezes, me sentia como um zumbi acordava para amamentar, mas meus olhos nem abriam direito.  Foi um tempo bem difícil, digo até, desesperador em algumas vezes. Lembro-me que muitas vezes, amamentei com lágrimas nos olhos, querendo dormir mais alguns minutos que fosse.   

3. Choro: como é angustiante o choro de um bebê recém-nascido que chora desesperadamente e a gente não faz a menor ideia do que seja. Minha tática era a da exclusão: primeiro trocava a fralda, amamentava, observava se era cólica, dor de ouvido, cantava, dançava, colocava no carrinho, no berço, no colo e se nada resolvesse, começava tudo de novo.  

4. Tralhas: como a gente carrega coisas quando tem um bebê, é preciso pensar em tudo antes de sair de casa, são tantas "tralhas" para carregar que muitas vezes eu desisti de sair só em pensar em todas as coisas que eu precisava arrumar. Hoje, uma bolsa com lenço umedecido, algumas bolachinhas e um suco ou água, já resolvem meu problema. 

5. Vômitos: ai, quantas vezes fui "lavada" por essa substância branca e com odor desagradável. Foram tantas golfadas em cima de mim, daquelas em que a gente não sabe se troca a roupa do bebê ou se deixa ele assim mesmo e vai direito tomar um banho, que fiquei traumatizada.
       Todas estas coisas chegaram sem avisar e saíram da nossa rotina da mesma forma, cada uma há seu tempo, no seu momento, deixando lembranças e a certeza de que tudo na vida passa, tanto as coisas boas, como as nem tão boas assim, então, bora lá, aproveitar tudo, antes que virem somente saudades.  



Share this:

, , , ,

CONVERSATION

2 palpites:

  1. rs acredito...pois o tempo passa voando...Beijo

    ResponderExcluir
  2. Oieee,

    Vim conhecer seu blog e retribuir a visita!!

    Tá lindo, parabéns!!

    Realmente, a maternidade e tudibom mas, tem coisas que o melhor é qdo passa, né?? hehehe

    Bjoo!

    Loreta
    @bagagemdemae
    www.bagagemdemae.com.br

    ResponderExcluir

Comente, dê sua opinião, compartilhe experiências...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...