Que absurdo....



     Era uma quinta-feira e meu filho amanheceu com febre, estava bem caidinho e assim passou o dia inteiro, a febre ia e voltava. À noite, ele começou a vomitar então, corri para o Hospital, porque não fico com filho doente em casa sem saber o motivo. O médico o examinou e disse:  não tem nada aparente, tem que aguardar para ver o que vai acontecer, só controla a febre em casa mãe. Receitou uma injeção de dipirona para abaixar a febre e fomos embora.

     Sexta-feira, mais febre, dia e noite sem parar. Como a pediatra do meu filho não atenderia nesse dia, resolvi levá-lo novamente ao Hospital e mais uma vez a mesma resposta de outro pediatra: não tem nada aparente mãe, tem que aguardar para ver o que vai aparecer, com certeza ele está incubando alguma coisa.  Ok, fui embora.

     Sábado, mais febre, voltei lá, mais uma médica diferente no plantão, examinou ele e disse: é ouvido, vou receitar 4 injeções de antibiótico para evitar que ele vomite e você controla a febre em casa. Ok, uma injeção na coxa  e fomos embora.

      Domingo, voltamos lá para fazer a medicação intramuscular, mas a febre ainda continuava e era persistente. Afff.....

      Segunda pela manhã consegui levá-lo na pediatra dele, ela o examinou e disse: "não é ouvido, de certeza, mas como ele já começou a tomar o antibiótico, não vamos parar, mas vamos aumentar a dose, porque 4 dias é pouco, mas fica tranquila mãe".  Ok, estou tentando!

      Passei por 4 médicos diferentes nesses dias, e ninguém sabia o que meu filho tinha, só mandavam eu ficar calma, controlar a febre, essas coisas, sabem o que eu fiz? Me mandei para Florianópolis, consegui uma consulta com um médico de confiança, um anjo que apareceu na minha vida e conseguiu aumentar a imunidade da minha filha mais velha que era baixíssima, e ela nunca mais ficou doente, só mesmo alguns episódios de resfriados, essas coisas simples de resolver.

      Conversamos por aproximadamente 1 hora, isso mesmo, uma consulta com ele dura mais do que 1 hora, e antes mesmo dele examinar o Luís Henrique, ele já sabia o que era: nada de bactéria, nada de ouvido inflamado, nada de antibióticos! Ele está com uma infecção viral, ele precisa tomar um antiviral e não antibióticos, quiçá injeções! 

       Meu Deus, o meu pequeno tomando injeções na coxa sem precisar durante 3 dias, tomando remédios que não estavam fazendo nenhum efeito, ficando a mercê desses médicos que não são capazes de tirar toda a roupa dele para fazer um exame completo, da ponta do dedo ao topo da cabeça, não pedem nenhum exame, só vão receitando antibióticos a torto e a direito. 

         Coletamos sangue para confirmar o que o médico já suspeitava e "batata", era mesmo uma infecção viral, "suspende todos os remédios e injeções, pelo amor de Deus!" disse o pediatra. 

          Sabem o que eu penso a respeito desses médicos, que receitam antibióticos para as crianças e não são capazes de pesquisar a causa dessas infecções: vão tudo a MERD....., vocês fazem isso porque não é com o filho de vocês. (Desculpem, mas eu estou indignada).

           Pérolas que eu ouvi, nesses 5 dias desses " pediatras": 

           1. Mãe, ter febre é bom,  é uma defesa do organismo e só se deve medicar acima de 39 graus (é porque não é teu filho, sua bruxa);

           2. Vocês mães tem uma fobia por febre, o bebê está quentinho, e logo já trazem para o Hospital (queria ver se fosse teu filho, com febre, caidinho, sem comer, sua bruxa parte 2);

           3. Eu pergunto: Dra. dar banho no bebê quando ele está com febre ajuda? "Querida, o banho na verdade é mais para acalmar a mãe do que para abaixar a temperatura do bebê, porque a mãe acha que assim, está ajudando".  (Eu sempre ouvi dizer, que o banho é ótimo para ajudar a abaixar a febre, quando ela está alta, e nós mães, sempre vamos fazer TUDO para ver nossos filhos melhores, sua bruxa parte  3 eu só queria que você me consolasse);

          4. Mãe, você tem que aprender a conviver com  a febre, é normal as crianças ficarem febris, várias vezes ao ano.  (Eu nunca vou me acostumar a conviver com a febre, sei que quando estamos com febre, algo não está bem, sua bruxa parte 4).

            Então, eu digo com todas as letras: QUE ABSURDO!!!






            

Share this:

, , , ,

CONVERSATION

3 palpites:

  1. Elaine......primeiro quero agradecer o seu coments em meu post.....adorei viu....ja estou te seguindo...siga-me lá tbm se quiser tá?!
    Quanto aos medicos q atenderam seu filhote....ó vou te contar viu....partilho com vc do mesmo pensamento....são todos uns M*, hj em dia plano de saude esta como o SUS amiga....não tem diferença alguma. E esses medicos vou te contar viu....da vontade deeee, ah nem sei o que.... ainda bem q vc correu e foi ao um medico de confiança...e que de fato esta entregue de corpo e alma a profissão(Medicina) Ja falei sobre esses tipos de medicos em um dos meus post, não é facil né?! Ainda mais vendo nosso filho assim..sofrendo e nós com maos atadas sem poder fazer nada, a não ser acatar,o que um medico fala.... ( ja q fizeram medicina para isso, como questiona-los?) Sabe amiga....serei aquela mae chata....q interrompe mesmo a pediatra kkkkkkkkkkk to nem ai.... porque o q ando vendo de diagnostico errados por ae...não ta no Giby viu.
    Ahhh chega...eu falo demais...hehehe adorei seu cantinho viu....bjusss e melhora ao garotão!

    ResponderExcluir
  2. Concordo plenamente meu amor, o que fizeram com nosso filho foi realmente um absurdo. São "profissionais" despreparados, incapacitados e bem remunerados para realizarem este pouco caso com pacientes que acham que o pagamento de um plano de saúde seja sinônimo de bom atendimento.

    Mauricio

    ResponderExcluir
  3. Palhaçada esses médicos desde quando febre é normal???
    Melhoras pro teu baby!
    Beijos

    ResponderExcluir

Comente, dê sua opinião, compartilhe experiências...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...